A vulnerabilidade Krack é outra boa razão para abandonar o Wi-Fi público – Segurança na rede

By
Atualizado: 19 de outubro de 2017

Você não deveria estar muito preocupado com Krack. Mas você também provavelmente não deve usar o Wi-Fi público por um tempo.

“Embora a Krack adicione uma nova ferramenta ao arsenal do atacante, seu escopo é relativamente estreito”, diz Andy Patel, pesquisador de segurança nos laboratórios de pesquisa da F-Secure. “No entanto, se as ferramentas projetadas para armar esse ataque são suficientemente fáceis de usar, é muito provável que os malvados os usem de qualquer maneira”.

Os acadêmicos que descobriram a vulnerabilidade de segurança do Wi-Fi revelaram como o padrão WPA2 usado em quase todos os dispositivos Wi-Fi pode ser explorado para ler mensagens, informações bancárias e interceptar arquivos sensíveis. No entanto, para isso, eles dizem que um hacker deve estar perto do ponto de conexão sem fio e o site não deve estar criptografando adequadamente os dados do usuário.

Embora ninguém tenha usado Krack fora das condições de pesquisa, é possível. Um alvo superior para hackers pode ser um Wi-Fi público. Ao contrário de sua rede em casa, esses pontos de acesso Wi-Fi geralmente não estão bem protegidos para começar. Patel os descreve como “fundamentalmente inseguros”.

Os centros comerciais, os aeroportos, os hotéis, os transportes públicos e os cafés incluem dezenas de pessoas que se conectam aos mesmos pontos de acesso Wi-Fi. É um campo de caça primordial para quem tenta interceptar informações pessoais.

No Reino Unido, o sistema público Wi-Fi mais popular é fornecido pela Sky. A Cloud , que é tecnicamente uma empresa separada, tem quatro milhões de usuários por semana e mais de 20.000 hotspots Wi-Fi em todo o Reino Unido. A maioria dos lugares públicos com acesso Wi-Fi gratuito será providenciado por este sistema: incluindo a maioria dos restaurantes e cafeterias.

Para fazer parte da The Cloud, pubs, hotéis e outras empresas devem estar pagando clientes do Sky. Os termos e acordos para pubs dizem que o Sky fornecerá um roteador Edge que pode atuar como um ponto de acesso. As redes comerciais também podem ser exploradas pela Krack, com muitos usuários todos conectados a um ponto de acesso Wi-Fi.

    KRACK ATTACKS: BYPASSING WPA2 AGAINST ANDROID AND LINUX

    This video explains some of the academic research performed in the acm ccs 2017 paper "key reinstallation attacks: forcing nonce reuse in wpa2". it's not ...

    KRACK WPA2 ESP8266 PATCH

    Forma facil e simples de protejer os nossos projetos baseados em esp8266 da vulnerabilidade do wpa2 https://www.krackattacks.com ...

    EXPLORANDO VULNERABILIDADE MS17-010 HACKEANDO WINDOWS 7 COM KALI LINUX 2017

    Neste vídeo faço uma demonstração da vulnerabilidade do windows (ms17-010) utilizando kali linux. siga: instagram: @alex_fillipe facebook goo.gl/eayn1u ... Tudo sobre A vulnerabilidade Krack é outra boa razão para abandonar o Wi Fi público – Segurança na rede

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *